AUMENTO PENIANO

Aumento Peniano

AUMENTO PENIANO

O tamanho do pênis é uma das coisas que mais mexem com a auto-estima dos homens e, poucos deles, assumem estar insatisfeitos com essa parte o corpo.

O pênis da maioria dos homens do nosso país, em estado ereto, é de 12 a 14 centímetros.

Alguns homens se sentem inferiorizados por acharem que seu pênis é menor que o dos outros.

Isso pode atingir homens de todas as faixas de idade e, normalmente, esse tipo de pensamento começa na infância, através de comparações.

O medo de ser ridicularizado ou rejeitado pelas mulheres levam muitos homens a buscar tratamentos clínicos ou cirúrgicos para aumentar seu pênis.

Porém a grande maioria que se queixa possui o pênis dentro das medidas tidas como normais para um homem adulto.

Nenhum homem deve se sentir mal por ter um tamanho um pouco menor ou maior que a média.

Porém para quem possui um micropênis e realmente está tão infeliz com o tamanho, que isso vem interferindo na sua qualidade de vida, principalmente na questão psicológica e sentimental, existem procedimentos que realizam as esperadas mudanças.

Insatisfação com o próprio corpo

A falta de autoestima em relação ao corpo e a melhora em sua estética é algo muito discutido entre as mulheres.

Mas quando se trata do universo masculino, existe um certo constrangimento em admitir as suas imperfeições ou o desejo de mudar algo que não gosta no corpo.

Para os homens é mais fácil discutir sobre a vida financeira, profissional, sexual e sociais.

Mas quando se trata da estética, tamanho do órgão genital e desempenho sexual, na maioria das vezes há excitação ou mentiras.

Os homens estão sempre se comparando e gabando quando se trata de sexo.

Alguns, inclusive, tentam se comparar com atores de filmes adultos e se sentem constrangidos, ou se deixam influenciar negativamente pelos comentários de algumas mulheres ou por péssimas experiências sexuais.

Indicação para aumento do pênis

O uso de procedimentos para o aumento peniano de forma estética em um pênis normal não é recomendado pelos especialistas.

O uso de exercícios, massagens, uso de extensores e aparelhos de vácuo que são mostrados na internet, não possuem comprovações científicas de ganho real no tamanho do pênis.

Alguns procedimentos cirúrgicos para aumentar da haste peniana, são indicados para homens que podem conseguir aumentar o comprimento do pênis e que podem melhorar a sua capacidade funcional.

Normalmente, os médicos aconselham a cirurgia para aqueles que apresentam micropênis e epispádias, casos mais complexos de hipospádias, retrações ou encurtamentos no pênis por causa da Doença de Peyronie, amputações parciais por causa da neoplasia e casos de traumatismos adquiridos e retrações penianas por lesões medulares.

Vale ressaltar que qualquer tipo de intervenção cirúrgica pode trazer complicações.

Por isso é sempre importante analisar a situação e decidir se vale apena. As técnicas para o aumento ou para tratamento estético no pênis podem levar a complicações muito sérias.

Diminuir o pênis ou o aparecimento de cicatrizes hipertróficas podem causar deformidades e resultar em um aspecto ruim.

As cirurgias para aumentar a circunferência peniana podem danificar a sua estrutura, causando lesões neurológicas e nas artérias.

Isso atrapalha a sensibilidade, pode causar infecção, abscessos e fístulas, e dificuldade e ter uma ereção.

Como aumentar o tamanho do pênis

A cirurgia para aumentar o pênis se chama faloplastia, sendo que, ainda, é vista como um  procedimento experimental pelo Conselho Federal de Medicina.

Ela não tem exatamente uma contraindicação (desde que tenha um corpo saudável) e pode ser discutida com um médico.

O fato é que, quando um homem que não está satisfeito com o tamanho do pênis, pode ter problemas psicológicos que poderá afetar o desempenho, a sua confiança em si mesmo e sua qualidade de vida.

A cirurgia pode deixar o homem mais confiante e satisfeito consigo mesmo.

Com a faloplastia, pode ser possível conseguir um aumento que deixe o pênis com uma aparência de estar, com até, 5 cm a mais, sendo que tudo irá variar de acordo com cada paciente.

Há 2 tipos de faloplastias principais para aumentar o tamanho do pênis: a para aumentar o comprimento e de aumentar a largura do órgão.

Qualquer homem dentro dos critérios estabelecidos pode fazer estas cirurgias.

Mas ela é consideradas apenas como uma intervenção estética e, não é sempre, que traz os resultados esperados e pode causar deformações no pênis, cicatrizes ou infecção.

Por isso, o assunto precisa ser bem discutido em uma consulta com um urologista, para entender quais os benefícios e riscos do procedimento.

Guia do Aumento Peniano: Largura

O procedimento para o  aumento da largura do pênis pode ser feito de duas formas:

Preenchimento com gordura: Primeiro é realizada uma lipoaspiração para retirar a gordura de uma parte do próprio corpo.

Geralmente, ela vem de lugares como os flancos, barriga ou pernas. Com a gordura, o médico realiza um preenchimento no pênis para criar mais volume na região.

Colocação de rede: Durante o procedimento, o médico coloca uma espécie de rede biodegradável, que é feita artificialmente através de células. Ela inserida debaixo da pele e em volta do corpo do pênis.

O ganho de tamanho varia de 1,4 a 4 cm de diâmetro e nas 2 técnicas podem aparecer problemas. A injeção de gordura pode deixar o pênis deformado e a aplicação da rede pode levar a uma infecção.

Guia do Aumento Peniano: Comprimento

A cirurgia para o aumento do comprimento e tamanho do pênis é, normalmente feita através do corte no ligamento que existe entre o pênis o osso púbico. Dessa forma, a pele se estica mais e ele ganha projeção e parece maior.

O aumento pode ser de até 2 cm com ele estando flácido, mas na maioria das vezes não há mudança na aparência do pênis estando ereto.

O corte que é feito no ligamento durante o procedimento, pode levar a uma elevação menor do pênis, atrapalhando o contato íntimo durante a relação sexual.

Pós operatório

A faloplastia é realizada com uma anestesia peridural, com o procedimento demorando por cerca de 2 horas.

No pós operatório, a recuperação da cirurgia é relativamente rápida, o paciente precisa ficar por 8 horas em repouso, sob observação para, então pode ir para sua casa e, em uma semana, começar a trabalhar e seguir sua rotina normalmente.

É recomendado ficar em repouso em casa até que os pontos sejam retirados e seguir corretamente as orientações médicas sobre, o tipo de analgésico e anti-inflamatório pode tomar e qual a dosagem foi receitada pelo médico, além de manter o curativo seco e limpo para evitar infecções.

As atividades sexuais só podem ser retomadas após pelo menos 6 semanas ou pelo período indicado pelo médico. Fazer exercícios físicos mais intensos só podem começar  depois de 3 a 6 meses.


Guia do Aumento Peniano: Reconstrução

Existem situações de anormalidades, como a fibrose peniana que aparece por causa de uma doença chamada de Doença de Peyronie ou no pós-operatório com homens que passaram por alguma cirurgia pélvica para retirada de um câncer da próstata.

Nesses casos, a faloplastia, também, pode ser usada para reconstrução do pênis, assim como em casos em que o homem perde uma parte do seu pênis devido à um acidente.

Aqui vale uma exceção, que é o uso de bomba de vácuo ou de extensores penianos no órgão que, sem a faloplastia, mostraram-se com a capacidade de impedir a atrofia ou a perda de tamanho. Esses dois métodos, também, podem ajudar a evitar a aparência de encurtamento que é comum dentro dessas situações específicas.

Mas lembre-se: Em qualquer um desses casos, todas as técnicas precisam de um treinamento e da orientação de um bom médico.

Doença de Peyronie

Fazer manobras estranhas que causem o aumento de circulação sanguínea no pênis ou que façam ele se dobrar de forma abrupta durante uma ereção, podem fazer com que microtraumas apareçam e inicie-se o processo de fibrose em determinada curvatura que surgiu. É o progresso dessa situação que leva ao possível aparecimento da Doença de Peyronie.

Exercícios para aumentar o pênis

Não comprovação científica de que algum tipo de exercício com o pênis, faça com que ele aumente de tamanho.

O que é comprovado é que as ereções (principalmente as noturnas) são muito importantes para a saúde do tecido na área genital masculina por mudar o tamanho do pênis do estado flácido para o ereto.


Guia do Aumento Peniano: Genética

O tamanho do pênis é determinado pelas características genéticas herdadas e pelos hormônios que agem em cada etapa da vida de um homem.

Até o fim da puberdade o crescimento do pênis pode ser estimulado com o uso de terapias hormonais. Mas apenas especialistas com experiência podem orientar nisso.

Para os homens adultos que realmente sofrem com o micropênis, podem ser beneficiados com secção do ligamento suspensor, plástica da inserção bolsa escrotal, lipoaspiração da gordura pré-púbica e lipoenxertia.

Essas técnicas, quando feitas de forma correta, conseguem um efeito bastante satisfatório.


Guia do Aumento Peniano: Terapia

Fazendo ou não a cirurgia para aumentar o pênis, é importante que o paciente busque uma terapia para saber o quão profunda é a sua preocupação com a aparência do seu pênis e como isso afeta.

AUMENTO PENIANO
5 (100%) 6 vote[s]

error: Content is protected !!